+

Folder
digital

Notícia

 

08/10/2019
Óleo afeta diversas praias do Ceará e do Nordeste. Foto: Adema/Governo de Sergipe

O óleo que atinge as praias do Ceará e demais estados do Nordeste pode ter origem na Venezuela. Análises feitas pela Petrobras indicam que o insumo não é produzido no País. A suspeita é de que o óleo tenha chegado ao Brasil através do vazamento de algum navio.

Praias como Cumbuco, Taíba, Paracuru, Flexeiras, Mundaú e Praia do Futuro (Fortaleza) estão entre as afetadas.

De acordo com um relatório enviado ao Ibama, a Petrobras analisou os componentes existentes no óleo e detectou as diferenças. Na semana passada, um inquérito da Polícia Federal foi aberto para apurar a origem da substância.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem, 7, que aproximadamente 140 navios fizeram trajeto na região. “Pode ser um vazamento acidental, pode ser um navio que naufragou também. Agora, é complexo, existe a possibilidade, temos no radar um país que pode ser o da origem do petróleo e continuamos trabalhando da melhor maneira possível não só para dar uma satisfação para a sociedade, como colaborar na questão ambiental”, disse Bolsonaro.

Fonte: Focus

voltar