+

Folder
digital

Notícia

 

16/01/2019
China sinaliza mais estímulos para a economia
A China indicou ontem que adotará mais medidas de estímulo no curto prazo, já que a guerra tarifária com os EUA teve um alto custo para seu comércio e ampliou o risco de uma desaceleração mais brusca da economia. A segunda maior economia do mundo se dará como meta conseguir "um bom começo" no primeiro trimestre, declarou a Comissão de Desenvolvi Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://www.valor.com.br/internacional/6066325/china-sinaliza-mais-estimulos-para-economia ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo. Dados de ontem mostraram que o crescimento do crédito se mantém obstinadamente fraco, com vários indicadores-chave flutuando em torno de mínimas históricas, apesar dos meses de política de relaxamento. "Medidas adicionais de estímulo econômico serão necessárias. As autoridades parecem estar demorando para concretizar isso, talvez reprimidas pelo Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://www.valor.com.br/internacional/6066325/china-sinaliza-mais-estimulos-para-economia ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

voltar