+

Folder
digital

Notícia

 

27/03/2019
Aprovada nomeação do novo diretor-presidente da Companhia Docas da Bahia
A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) terá novo diretor-presidente a partir desta terça-feira (26). A nomeação do engenheiro mecânico José Alfredo de Albuquerque e Silva foi aprovada pelo Conselho de Administração da Codeba e o gestor vai substituir o engenheiro civil Rondon Brandão do Vale, que estava à frente da autoridade portuária desde janeiro de 2018. Para o secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, a nomeação de José Alfredo atende, mais uma vez, ao desejo do Governo Federal de que as administrações das Companhias Docas sejam comandadas por profissionais com perfil técnico e comprovada capacidade de gestão. “Temos certeza de que José Alfredo fará um trabalho de excelência na Bahia”, avaliou. Silva já atuou como presidente dos Conselhos de Autoridades Portuárias dos portos de Rio Grande (RS), do Pará e do Ceará. Em seu último cargo, ele foi diretor de Relações com o Mercado e Comunidade na Companhia Docas de São Paulo (Codesp), onde acumulou a função de diretor-presidente interino até a posse de Casemiro Tércio Carvalho, em fevereiro deste ano. Desde 2010, o novo diretor-presidente da Codeba tem trabalhando no Governo Federal como servidor da carreira de analista de infraestrutura. José Alfredo de Albuquerque e Silva foi diretor-substituto, coordenador-geral de Desempenho Portuário e assistente de coordenação, na então Secretaria de Portos da Presidência da República. Ele foi responsável pelo desenvolvimento de projetos relacionados à modernização da gestão portuária nos portos públicos das Companhias Docas. José Alfredo é formado pela Escola Politécnica da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e pós-graduado em Gestão Empresarial e Finanças pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Além disso, tem pós-graduação em Logística Empresarial, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Fonte: Ministério da Infraestrutura

voltar