+

Folder
digital

Notícia

 

14/04/2021
Movimentação portuária cresce 9,7% no primeiro bimestre

O setor portuário nacional (portos organizados, terminais autorizados e arrendados) movimentou 174,3 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2021. O número representa um crescimento de 9,7% em comparação com igual período do ano passado. Os dados são da Gerência de Estatística e Avaliação de Desempenho da Antaq e foram divulgados nesta segunda-feira (12).

Os terminais privados movimentaram 119,5 milhões de toneladas nos dois primeiros meses do ano, um crescimento de 11,8% em relação ao primeiro bimestre de 2020. Já os portos organizados movimentaram 54,8 milhões de toneladas, um crescimento de 5,2%.

O Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (MA) foi a instalação que mais movimentou carga no primeiro bimestre deste ano: 28,4 milhões de toneladas, um crescimento de 3,4% em comparação com os dois primeiros meses do ano passado. Depois apareceram o Porto de Santos (SP), com 15,6 milhões de toneladas e crescimento de 6,6%, e o Terminal Aquaviário de Angra dos Reis (RJ), com 11 milhões de toneladas e aumento de 7,0%.

Carga

O perfil de carga mais movimentada foi o granel sólido, com 93,6 milhões de toneladas e crescimento de 7,4% em comparação com janeiro e fevereiro de 2020. O setor portuário movimentou 50,9 milhões de toneladas de granel líquido e gasoso: incremento de 12,9%. Depois apareceu a carga conteinerizada: 20,4 milhões de toneladas e aumento de 9,2%. Foram movimentados ainda 9,3 milhões de toneladas de carga geral: crescimento de 17%.

Por grupo de mercadoria, quem liderou a movimentação foi o minério de ferro. O setor portuário movimentou 59,3 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2021. Isso significou um crescimento de 10,6% em relação ao mesmo período de 2020. Em seguida, vieram os combustíveis minerais, com 52,6 milhões de toneladas. Um crescimento de 14,4%. Depois apareceu a movimentação de contêineres, com 20,3 milhões de toneladas. Alta de 9,2%.

Fevereiro

Analisando apenas fevereiro, verificou-se que o setor portuário movimentou 86 milhões de toneladas, um aumento de 4,5% em relação ao mesmo mês de 2020.

Navegação

A navegação de longo curso transportou 117,3 milhões de toneladas no primeiro bimestre de 2021, registrando um aumento de 9,7% em relação ao mesmo período de 2020. O total de cargas movimentadas na navegação de cabotagem foi 47,2 milhões de toneladas. Um incremento de 12,4%. Já no transporte nas vias interiores, houve um decréscimo de 5%, considerando-se as navegações em vias interiores puras, bem como as de longo curso e cabotagem em vias interiores. No total, foram transportados 14,9 milhões de toneladas.

Contêineres

De acordo com o levantamento feito pela Antaq, a movimentação de contêineres em TEU ficou em 1,8 milhão no primeiro bimestre de 2021, um crescimento de 10,4%. Os portos públicos movimentaram 1,2 milhão TEU, enquanto os terminais autorizados, 633,7 mil TEU. Destaque para o Porto de Santos, que movimentou 557,8 mil TEU em janeiro e fevereiro deste ano, registrando um crescimento de 10,7%.

Fonte: Portos e Navios

voltar