+

Folder
digital

Notícia

 

10/04/2019
Aracati aumenta suas exportações em 2019

Informa o Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec): o  município de Aracati exportou no primeiro bimestre deste 2019 o equivalente a US$ 3,85 milhões em mercadorias e passou a ocupar no ranking cearense das principais cidades exportadoras o posto de 11º lugar.

Estudo do  CIN, o valor exportado por Aracati é 29,1% maior do que a do mesmo período de 2018. As importações somaram US$ 94,8 mil, o que representa um salto de 295,1% em relação ao ano anterior. A balança comercial do município ficou superavitária em US$ 3,76 milhões – um crescimento de 27% ante o mesmo período do ano passado.

Sucos de fruta são os principais itens vendidos ao exterior pelo município de Aracati. As exportações do produto somaram US$ 2,46 milhões em janeiro e fevereiro de 2019. O montante representa 64% do total exportado por Aracati, tendo crescido 17,5% em relação ao ano anterior.

A Holanda foi o principal destino das vendas externas de Aracati, totalizando US$ 1,53 milhões. O consumo holandês dos produtos aracatienses elevou-se em 129,2%, se comparado ao do primeiro bimestre de 2018 e, juntamente com os Estados Unidos, representa uma participação de 67% do total exportado.

As partes de geradores eólicos são os principais itens importados pelas empresas do município, com 76% do total (US$ 72,6 mil).  O segundo  item mais importado foram interruptores de corrente, como relés. O dispositivo eletrônico somou, no intervalo pesquisado, US$ 15,8 mil. As importações de Aracati são originárias, em sua totalidade, da China.

Fonte: Diário do Nordeste

voltar