+

Folder
digital

Notícia

 

03/11/2021
Protocolos de saúde para cruzeiros são publicados

No início deste mês, nossa newsletter informou que o Governo Federal havia dado luz verde para a temporada de cruzeiros começar em novembro, condicionada às definições de protocolos sanitários pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 

Com o mês de outubro prestes a terminar, os protocolos foram finalmente publicados pela Autoridade Sanitária. Estes são os pontos principais:

1 - Todos os passageiros elegíveis para vacinação pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) precisam trazer comprovante de ciclo vacinal completo contra Covid-19 (serão aceitas vacinas autorizadas no Brasil ou validadas pela OMS).

2 - Os passageiros devem apresentar teste de RT-PCR negativo realizado em até 72 horas ou teste de antígeno realizado em até 24 horas antes do embarque.

3 - Teste diário de 10% dos passageiros a bordo e 10% da tripulação. Testes positivos não podem ser descartados por um segundo teste (reteste).

4 - A triagem de passageiros deve ser realizada e deve ser baseada no estado de saúde do viajante especificado em formulário próprio.

5 - Capacidade máxima da embarcação limitada a 75% da capacidade de passageiros.

6 - Distância a bordo de 1,5 metros entre grupos de viajantes (exemplo: grupo familiar ou grupo de pessoas viajando juntas).

7 - Testes semanais de toda a tripulação a bordo.

8 - Separação de cabines para isolamento de casos suspeitos a bordo.

9 - Os armadores deverão encaminhar diariamente à ANVISA comunicação sobre a situação sanitária a bordo.

10 - Passageiros e tripulantes devem usar máscaras a bordo e em terra.

Os protocolos de saúde de cada embarcação deverão ser previamente aprovados pela Autoridade Sanitária, que também exigirá um plano que contemple a necessidade de rotina de limpeza do sistema de ar condicionado, troca de pré-filtros, verificação da integridade de filtros de alta eficiência, número mínimo de  trocas de ar por hora e pressão negativa nas cabines de isolamento.

Importante lembrar que os cruzeiros internacionais ainda não foram autorizados.

De toda forma, são esperadas 392 escalas nesta temporada, que começa no dia 5 de novembro, data destinada a ser lembrada como o dia do renascimento da indústria brasileira de cruzeiro

Foto: CNN

voltar