+

Folder
digital

Notícia

 

26/02/2021
Xeneta: fretes sobem para níveis sem precedentes

O ano de 2021 parece ser uma era de ouro para os operadores de navios de contêineres, com aumento substancial de janeiro nos fretes de longo prazo. De acordo com o último relatório de Índices Públicos XSI da Xeneta, as taxas em fevereiro dispararam 9,6%, após o salto de 5,9% em janeiro. Todas as principais rotas de transporte registraram aumentos, impulsionados alta demanda, falta de contêineres e taxas spot que se recusam a sair de seus picos elevados.

A força do mercado é demonstrada pelo fato incomum de que todos as principais rotas comerciais em fevereiro, em termos de importação e exportação, registraram aumentos significativos.

Na Europa, as importações aumentaram 9,6% (após o enorme ganho de 19,3% do mês passado) com o índice agora aumentando 21,1% no comparativo anual. O benchmark de exportações, por sua vez, teve sua maior alta mensal, de 11,1%, levando a um aumento de 7,7% em relação às taxas de fevereiro de 2020. As importações do Extremo Oriente reescreveram o livro dos recordes do XSI, com um salto de 38,9%, o maior aumento mensal único visto nos índices. Isso deixa o índice 25,7% maior em relação ao ano anterior. Os números das exportações não conseguiram acompanhar o ritmo, mas ainda assim mostraram um crescimento acentuado, com uma alta de 8,1%, empurrando o benchmark para 27,4% em relação a este período do ano passado.

Fonte: Portos e Navios

voltar