+

Folder
digital

Notícia

 

05/02/2021
Exportações para a China devem aumentar nos próximos meses

Pátria Negócios publicou imagens de satélite que mostram um fluxo de navios graneleiros saindo da China com destino ao Brasil. A imagem chama a atenção, os chineses estão chegando em peso para carregar a soja no Brasil entre fevereiro e março.

E os produtores de boi gordo estão com dificuldades para repôr o rebanho, os valores de reposição seguem nos mesmos patamares da valorização da arroba, o boi magro para engorda também sumiu do mercado, quem tem não vende.

Cotações

No mercado agrícola os preços seguem estáveis sem grandes oscilações,  a soja opera em leve baixa em torno de R$ 154,00. Resultados de especulações normais da bolsa que necessitam de novas informações para servirem de base para elevação das cotações.

Clima

Os investidores estão receosos com os problemas de clima que afetam os plantios em países da América do Sul, e a disputa entre a oferta e a demanda no cenário Global enfrentam problemas de acordo com os estoques.

E no campo as operações agrícolas estão voltando à rotina mesmo com a umidade alta no solos, os agricultores estão aproveitando essa semana de estiagem para entrar com maquinário realizando as pulverizações nas lavouras de soja.

Milho

E se as previsões estiverem corretas a colheita do milho deve ganhar ritmo a partir deste final de semana, principalmente nos municípios que anteciparam o plantio. Até o momento 1% da área com milho foi colhida e as médias ficaram em 340 sacas por alqueire.

Soja

E a safra de soja ainda no começo, mas os produtores já se movimentam na procura por sementes para os cultivos de inverno.

Trigo

O trigo deve continuar sendo a opção mais atrativa. Na última safra área de trigo cresceu 15% no Brasil com relação ao ano anterior com a produtividade 6% maior, maior volume de produção desde o ano 2000.

Fonte: CBN

voltar