+

Folder
digital

Notícia

 

28/04/2020
Conaportos mira integração de entes públicos e maior participação do setor privado

A recém-reformulada Comissão Nacional das Autoridades nos Portos (Conaportos) tem agendas previstas para junho, setembro e dezembro, com possibilidade de reuniões extraordinárias. Além das demandas pré-existentes, a comissão presidida pela Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA), subordinada ao Ministério da Infraestrutura, vai discutir nas pautas ações para garantir o pleno funcionamento do setor portuário durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O decreto 10.319/2020, que recriou a Conaportos, mirou a maior integração de entes públicos, a aplicação de ações de segurança e de vigilância sanitária durante a pandemia e o estímulo aos agentes privados trazerem temas à comissão. “As pautas são submetidas à colaboração dos demais membros integrantes da Comissão, mas, após a reunião com o setor privado, espera-se construir uma agenda prioritária dos temas relevantes ao setor, além de dar continuidade a outras pautas prioritárias dos comitês técnicos”, adiantou o secretário nacional de portos e transportes aquaviários, Diogo Piloni, em entrevista a Portos e Navios.

Fonte: Portos e Navios

voltar