+

Folder
digital

Notícia

 

09/03/2020
Complexo do Pecém estreita relações com Ministério da Economia

Na última sexta-feira (6), o diretor-presidente do Complexo do Pecém, Danilo Serpa, acompanhado do presidente da Zona de Processamento de Exportação do Ceará – ZPE Ceará, Mário Lima, e os diretores de governança, Roberto de Castro, e de operações, Andréa Freitas, receberam o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, e o diretor de Administração e Finanças do SEBRAE Nacional, Eduardo Diogo.

A comitiva, também composta pelo deputado federal, Domingos Neto, o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho do Ceará (SEDET), Maia Júnior, e do CEO da Companhia Siderúrgica do Pecém – CSP, Claudio Bastos, realizou uma visita guiada ao complexo, e assistiu apresentações institucionais sobre o Porto do Pecém, ZPE Ceará e área industrial.

O presidente do Complexo do Pecém, Danilo Serpa, destacou a importância da presença do secretário e apresentou os últimos resultados alcançados pelo porto cearense, que completa 18 anos este ano, ressaltando o recorde de movimentações alcançado em 2019, com mais de 18 milhões de toneladas.

Mário Lima, em sua apresentação, falou da experiência como primeira ZPE em funcionamento no Brasil e sobre o projeto da ZPE II, mais 23 hectares disponíveis para atração de novos investimentos para o estado. “A ZPE Ceará é resultado de um conjunto de esforços e hoje nós temos orgulho em ser exemplo para a implantação de outras zonas de processamento no país”, destacou. O presidente agradeceu o apoio do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE) para o sucesso da ZPE Ceará até o momento.

A ZPE Ceará, em 2019, ultrapassou a marca de 12 milhões de cargas movimentadas pelas três empresas (CSP, White Martins e Phoenix do Brasil) instaladas em sua área.

Eduardo Diogo enfatizou a importância do esforço dos cearenses, representados pelos seus governantes ao longo de décadas, com o objetivo de fazer o projeto do Complexo do Pecém, a ZPE e a siderúrgica sair do papel, “É muita alegria ver hoje isso tudo concretizado, impactando de maneira positiva no PIB cearense”, declarou.

O secretário especial, Carlos da Costa, parabenizou o trabalho realizado pelo Ceará no Complexo do Pecém, “Agora vocês têm a oportunidade de compartilhar essa experiência e conhecimento. Vocês são o exemplo de como promover as exportações no país com o trabalho brilhante que foi realizado aqui”, finalizou.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

voltar