+

Folder
digital

Notícia

 

18/02/2020
Petróleo opera em forte queda com alertas sobre impacto do coronavírus

 

Os alertas sobre os efeitos da epidemia de coronavírus (Covid-19) na economia da China e no mundo continuam se intensificando e jogam para baixo novamente os preços do petróleo nesta terça-feira.

Por volta das 9h, os preços dos contratos para abril do Brent, a referência global, recuavam 1,98%, a US$ 56,53 o barril, enquanto os contratos para março do WTI, a referência americana, perdiam 1,75%, a US$ 51,14 o barril.

As preocupações sobre os impactos do Covid-19 na economia se intensificaram depois que a Apple alertou que não deve atingir sua meta de lucro no primeiro trimestre por causa da epidemia.
Ontem, o banco Nomura revisou sua projeção de crescimento da China de 3,8% para 3% no primeiro trimestre. Considerando que a China é o maior importador de petróleo do mundo, essas revisões aumentam os receios em relação à queda da demanda pela commodity e pressionam os preços para baixo.
“Com uma verificação da realidade prestes a acontecer quando os dados regionais começarem a aparecer, e na ausência do compromisso da Rússia de cortar a produção com a Opep, qualquer desculpa para vender ainda parecerá o sentimento do mercado no momento”, afirma o chefe de estratégia da AxiCorp, Stephen Innes.

Fonte: Valor

 

voltar