+

Folder
digital

Notícia

 

13/02/2020
Um terço dos grãos exportados em 2019 saiu pelo Arco Norte

A logística de escoamento de grãos pelo Arco Norte cresceu quase 500% nos últimos nove anos. Em 2019, foram 30,1 milhões de toneladas de soja e milho a mais que o volume exportado pelos portos acima do paralelo 16 em 2010. Do total de grãos exportados no ano passado, 32% passaram por essa rota e 68% por portos do Sul e do Sudeste. Em 2010, essa participação de portos do Norte e do Nordeste era de 14,4%.

grafico-arco-norte.jpgO gerente de avaliação de desempenho e estatísticas da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Fernando Serra, disse, nesta quinta-feira (13), que ainda não é possível saber se haverá impacto nos volumes operados nos portos das regiões Sul e Sudeste que tradicionalmente exportam essa carga, como Santos e Paranaguá.

Ele acredita que a tendência seja o tráfego de grãos até o Arco Norte continuar a aumentar devido aos investimentos privados em instalações portuárias, à conclusão da BR-163 e ao aumento de calado na Barra Norte. Esses efeitos devem se tornar mais perceptíveis a partir de 2021.

Fonte: Portos e Navios

 

voltar