+

Folder
digital

Notícia

 

16/12/2019
Brasil registra menor risco-país desde 2010

O risco-país (spread do contrato de Credit Default Swap) do Brasil ficou em 98,2 pontos e segue em queda nesta segunda-feira, 16. O resultado é o menor registrado desde 8 de novembro de 2010, quando atingiu 96,9 pontos. Na última sexta-feira, 13, o spread já havia caído para 100 pontos – menor patamar desde setembro de 2012.

As influências para o resultado foram a revisão da perspectiva da nota de rating BB- pela agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) e a trégua entre Estados Unidos e China no campo comercial. Atualmente o Brasil três níveis abaixo do grau de investimento – garantia que a nação não corre risco de dar calote.

Para o mercado o Credit Default Swap funciona como um termômetro não oficial da confiança dos investidores em relação às economias emergentes. Quando ele cai, é sinônimo de aumento a confiança e capacidade de quitar seus débitos.

Fonte: Focus

voltar