+

Folder
digital

Notícia

 

21/11/2019
Investimento chinês em novo porto no Maranhão vai elevar para mais de 20 mi de t a capacidade de exportacão de grãos no estado

A China fará investimento de um bilhão de dólares no Porto de São Luís, no estado do Maranhão, através da China Communications Construction Company (CCCC), informou duas fontes com conhecimento direto do assunto, em condição de anonimato, para a Reuters.

De acordo com o Diretor Executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz Ferreira, o porto de São Luís fica 60 km de distância do Itaqui. “É um porto que terá fácil acesso a rodovia, terá uma capacidade de cinco milhões de toneladas de grãos e duas toneladas de fertilizantes. É uma sociedade com uma empresa brasileira e o grupo Chinês CCCC, na qual está realizando diversos investimentos no Brasil”, comenta.

Até o momento, o Porto de São Luís conta com licença, tem projeto e os investidores podem estar aguardando negociação com as ferrovias para iniciar a construção. “Acredito que esse porto entrará em funcionamento a partir de 2022. Esse investimento vai beneficiar os produtores do Matopiba e a região nordeste do Mato Grosso”, afirma.

No entanto, esse projeto do Porto de São Luís ainda está na fase de intenções e não nada ainda contratos assinados. Com relação à Ferrogrão, a rodovia vai ligar as regiões de Sinop/MT a Miritituba/PA. “A Ferrogrão vai ser licitada no segundo semestre do ano que vem e o contrato deve ser assinado ainda em 2020 para iniciar as obras em 2022, já que precisa de licenciamento ambiental e projetos”, destaca.

Fonte: Notícias Agrícolas

voltar