+

Folder
digital

Notícia

 

14/11/2019
Exportações somam US$ 34,7 milhões nos primeiros seis dias do mês

De acordo com os dados do Ministério da Economia, nos primeiros seis dias do mês as exportações de carne suína in natura somaram US$ 34,7 milhões, uma média de US$ 2356,8 por tonelada embarcada. Valor um pouco menor que a média paga no mês de outubro, que registrou US$ 2364,3 por tonelada no mês. Na comparação com a média de preço pago em novembro de 2018 a valorização é de 27%, visto que a média registrada naquele mês foi de US$1852,1.

Em termos de volume foram remessados ao exterior 14,7 mil toneladas da proteína. A média diária de embarques foi de 2,5 mil toneladas, a mesma média registrada para todo o mês de outubro. Já na comparação com a média do mesmo mês do ano passado, a média de embarques registrou queda 3,8% Naquele período a média registrada foi de 2,6 mil toneladas por dia.

Novas habilitações

O mês de novembro trouxe boas notícias para as exportações da suinocultura. No dia quatro a China habilitou sete frigoríficos de Santa Catarina para exportação de miúdos, pés, língua, focinho, máscara, orelha e rabo. A informação foi publicada pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, por meio de Twitter, e depois confirmada por meio de nota oficial do Ministério da agricultura. O anúncio feito pelo Mapa anima o setor, que espera faturar US$ 15 milhões (cerca de R$ 60 milhões) por mês com os novos embarques.

Nesta terça-feira (13/11), a ministra anunciou que o país asiático habilitou mais cinco frigoríficos de carne suína brasileira para exportação. De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), com as novas habilitações o Brasil passa a contar com 16 plantas credenciadas a exportar carne suína para o mercado chinês.

Resultados gerais da Balança Comercial

Nas duas primeiras semanas de novembro de 2019, que totalizaram 6 dias úteis, a balança comercial registrou superávit de US$ 14,0 milhões e corrente de comércio de US$ 8,446 bilhões, resultados de exportações no valor de US$ 4,230 bilhões e importações de US$ 4,216 bilhões. No ano, as exportações somam US$ 189,766 bilhões e as importações, US$ 154,831 bilhões, com saldo positivo de US$ 34,935 bilhões e corrente de comércio de 344,597 bilhões.

Fonte: Notícias Agrícolas

voltar